“Para os seus verdadeiros torcedores, o que vale é o caráter superior que inspirou a sua fundação e que está presente na alma de cada banguense.”

sábado, 6 de agosto de 2016

Em 6 de agosto de 1960, um sábado, o Bangu se tornava o primeiro Clube brasileiro Campeão do Mundo Interclubes

O Sr. William "Bill" Cox, um americano amante do futebol e que possuía grande fortuna, decidiu criar a International Soccer League, que na realidade não era uma "Liga de Clubes de Futebol" e sim uma "Competição". A primeira "International Soccer League" foi realizada em 1960, entre os dias 4 de julho (dia da Independência dos Estados Unidos) e 6 de agosto (dia da Partida Final da competição).
.
A bela "Challenge Cup", que seria entregue ao
 Campeão da International Soccer League de 1960

De acordo com os jornais  The New York Times e O Estado de São Paulo, ambos que circularam em 24 de maio de 1961, a competição tinha a autorização da FIFA. Essa autorização foi ratificada por Stanley Rous, então presidente da Associação Inglesa de Futebol, secretário-geral e vice-presidente da FIFA (posteriormente, de 1962 até 1974, presidente da FIFA). No site oficial da FIFA há alusão à International Soccer League.

No site FIEL CORINTHIANO podemos encontrar uma publicação, cujo título confirma a grandiosidade da International Soccer League de 1960: "International Soccer League: mais 'Mundial' que a Copa Toyota".

Foram convidados 10 clubes da Europa e 1 clube da América do Sul (no caso do Brasil, o atual campeão mundial). Para completar o total de 12 agremiações, foi criado um "time" que representaria os Estados Unidos, formado basicamente por imigrantes e que se chamaria New York Americans.

Foram 6 campeões europeus (Inglaterra, Grança, Irlanda do Norte, Suécia Áustria e Iugoslávia), 2 vice-campeões europeus (Escócia e Portugal), um terceiro colocado europeu (Alemanha) e um quinto colocado europeu (Itália). 

* Representante da América do Sul:
- Coube ao Brasil, atual Campeão do Mundo de Seleções, indicar 1 representante para o Continente Sul-Americano. Como naquela época não existia um Campeonato Nacional, foi indicado o campeão do Rio de Janeiro de 1959, o Fluminense Futebol Clube, que não aceitou o convite para disputar o Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Foi feito o convite à Sociedade Esportiva Palmeiras, campeão de São Paulo, que também não aceitou o convite, pelos mesmos Motivos do Fluminense. Então convidaram o Bangu Atlético Clube, vice-campeão do Rio de Janeiro de 1959, que aceitou o convite, soube aproveitar a grande oportunidade de perticipar de uma competição de alto nível,  preparou-se convenientemente e culminou com a conquista do título.

** Representante da América do Norte:
- Para representar o Continente Norte-Americano, o país anfitrião foi criou, especialmente para a competição, um "time de futebol" denominado The New York Americans, que seria seu representante na competição.

Os 12 clubes foram divididos em 2 grupos (A e B), com 6 equipes em cada um deles.

Grupo A
Burnley Football Club
Olympique Gymnaste Club de Nice Côte d'Azur
Glenavon Football Club
Kilmarnock Football Club
Fußball-Club Bayern München
The New York Americans
Grupo B
Idrottsföreningen Kamraterna Norrköping
Sport Klub Rapid Wien
Sport Klub  Estrela Vermelha de Belgrado
Sporting Clube de Portugal
Bangu Atlético Clube
Unione Calcio Sampdoria

Os jogos do Bangu na fase de grupos, foram:

Dia 4 de Julho Bangu 4 x 0 Sampdoria
Estádio Polo Grounds - 18.144 pagantes
Dia 10 de Julho Bangu 3 x 2 Rapid Wien
Estádio Polo Grounds - 19.804 pagantes
Dia 16 de Julho Bangu 5 x 1 Sporting
Estádio Polo Grounds - 8.441 pagantes
Dia 20 de Julho Bangu 0 x 0 IFK Norrköping
Estádio Polo Grounds - 12.338 pagantes
Dia 31 de Julho Bangu 2 x 0 Estrela Vermelha
Estádio Polo Grounds - 20.107 pagantes

Formação no jogo Bangu 4 x 0 Sampdória
Em pé: Joel, Ubirajara, Darci Faria, Ananias, Zózimo, Nilton dos Santos.
 Agachados: Correia, Zé Maria, Luís Carlos, Ademir da Guia e Beto.
.
A Classificação final da fase de grupos foi:










De acordo com a classificação dos Grupos A e B, se classificaram para a final o Kilmarnock Football Clube, da Escócia (1ª colocado do Grupo A), e o Bangu Atlético Clube, do Brasil (1º colocado do Grupo B).
.
Cartaz promocional da partida decisiva da
 1ª Internacional Soccer Leaguer
Nova Iorque - 1960.
.
A partida decisiva:
Sábado, dia 6 de agosto de 1960: Bangu A C  2 x  0 Kilmarnock F C
Estádio Polo Grounds - 25.440 pagantes

Kilmarnock Football Club jogou e perdeu com Brown, Richmond e Watson; Frak Beattie, Bill Toner e Bobby Kennedy; Brown, McInally, Wentzel, Bert Black e Billy Muir.

O Bangu jogou e venceu com Ubirajara, Joel e Darci Faria; Zózimo, Ananias e Nilton dos Santos; Correia, Zé Maria, Décio Esteves, Válter e Beto. O técnico banguense era Tim (Elba de Pádua Lima).

Os dois gols da vitória banguense foram marcados por Valter, um no primeiro tempo e outro no segundo tempo.
.
Recorte do jornal The New York Times que circulou no domingo, 7 de agosto de 1960
.
Os artilheiro da competição foi Tudor Veselinovic, do Estrela Vermelha, com 6 gols.
Os vice-artilheiros foram Zé Maria e Luis Carlos, do Bangu e Pilkington, do Burnley, ambos com 5 gols.

O atleta escolhido como o Melhor Jogador (Most Valuable Player) da competição, eleito pela "Comissão Organizadora" da International Soccer League , foi o brasileiro Ademir da Guia (18 anos), do Bangu.
O segundo Melhor Jogador eleito foi o americanoAlf Sherwood, do The New York Americans.

A delegação banguense era composta por 22 membros, entre eles 17 jogadores.

Diretoria, Comissão Técnica e Convidado:
Chefe da delegação: Sérgio Vasconcelos 
Médico: Dr. Ivon Cortes
Jornalista Convidado: Antônio Cordeiro (Rádio Nacional)
Presidente do Clube: Maurício Cesar Buscácio
Treinador da Equipe Tim (Elba de Pádua Lima)

Jogadores:

1 –  Ubirajara Gonçalves Motta (Ubirajara)
2 –   Joel Martins da Fonseca (Joel)
3 –  Darci José de Faria (Darci Faria)
4 –  Zózimo Alves Calazans (Zózimo
5 –  Ananias Cruz (Ananias)
6 –  Nilton dos Santos
7 –  José Correia Ferreira (Correia)
8 –  José Maria da Silva (Zé Maria)
9 –   Décio Esteves da Silva (Décio Esteves)
10 – Válter Lino dos Santos (Valter)
11–  Carlos Alberto de M. Ramalho (Beto)
12 – Aílton Caldas (Ailton)
13 – Mário Tito
14 – Paulo César de M. Fortes (Paulo Cesar)
15 – Ademir Ferreira da Guia (Ademir da Guia)
16 – Luís Carlos de M. (Luiz Carlos)
17 – Durval Santana de Carvalho (Durval)

Fontes: BANGU.NET / FIEL CORINTHIANO / HISTÓRIA(S) DO SPORT / WEIKIPÉDIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário